segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Produtos registrados para o controle de pragas na Cebola



Tabela 21. Produtos registrados para o controle de tripes e lagarta-rosca na cultura da cebola.
Ingrediente
ativo
Nome
comercial
Dose
CT¹
Modo de Ação
IS²
Tripes (Thrips tabaci)
Betacyflutrin
Bulldock 125 SC
Full, Novapir, Turbo
10 ml/100 l água
15 ml/100 l água
II
II
Contato e ingestão
14
Carbaryl
Carbaryl Fersol Pó 75
Sevin 480 SC
Sevin 850 PM
10 kg/ha
300 ml/100 l água
80 g/100 l água
III
II
II
Contato e ingestão
14
Chlorfenapyr
Pirate
625 ml/ha
III
Contato e ingestão
14
Cypermethrin
Arrivo 200 CE
Commanche 200 CE
25 ml/100 l água
25 ml/100 l água
III
III
Contato e ingestão
5
Deltamethrin
Decis 25 CE
Decis-Tab
30 ml/100 l água
2 tabletes/100 l água
III
III
Contato e ingestão
2
Fenitrothion
Sumithion 400 PM
Sumithion 500 CE
200 g/100 l água
150 ml/100 l água
III
II
Contato e ingestão
14
Fenpropathrin
Danimen 300 CE
Meothrin 300
Sumirody 300
150 ml/ha
150 ml/ha
150 ml/ha
I
I
I
Contato e ingestão
7
Formetane hidrocloreto
Dicarzol 500 PS
1,0 kg/ha
I
Contato e ingestão
7
Imidacloprid
Confidor 700 GrDa
Provado
100 g/ha
100 g/ha
IV
IV
Sist. de contato e ingestão
21
Lambdacyhalothrin
Karate 50 CE
Karate Zeon 50 CS
100 ml/ha
100 ml/ha
II
III
Contato e ingestão
10
3
Parathion Methyl
Bravik 600 CE
Folidol 600
Folisuper 600 BR
Mentox 600 CE
70 ml/100 l água
100 ml/100 l água
85 ml/100 l água
135 ml/100 l água
I
II
I
I
Contato e ingestão
15
Profenofos + Cypermethrin
Polytrin 400/40 CE
450 ml/ha
III
Contato, ingestão e profundidade
5
Thiacloprid
Calypso
20ml/100 l água
III
Sistêmico
21
Zetacypermethrin
Fury 180 EW
20ml/100 l água
II
Contato e ingestão
5
Lagarta-rosca (Agrotis ipsilon)
Carbaryl
Sevin 480 SC
300ml/100 l água
II
Contato e ingestão
14
Deltamethrin
Decis 50 SC
10ml/100l água
IV
Contato e ingestão
2
Mevinphos
Phosdrin 185 CE
250ml/100 l água
I
Sistêmico
4
Fonte: Agrotis (2003) e Anvisa (2003).
¹ CT = classe toxicológica. I – extremamente tóxico (faixa vermelha); II – altamente tóxico (faixa amarela); III – moderadamente tóxico (faixa azul); IV – pouco tóxico (faixa verde).
² IS = intervalo de segurança (carência) – intervalo, em dias, entre a última aplicação do agrotóxico e a colheita.

Na Tabela 1 estão os inseticidas registrados para a cebola no Ministério da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento - MAPA, bem como algumas de suas características mais importantes.
Informações adicionais sobre os inseticidas poderão ser obtidas diretamente com as empresas fabricantes e distribuidoras dos produtos.
Tabela 1. Inseticidas e acaricida registrados para o controle de artrópodes-praga na cultura da cebola no Brasil. 

1 CE = concentrado emulsionável; CS = suspensão de encapsulado; EW =  emulsão de óleo em água; PM = pó molhável; SC = suspensão concentrada; SL = concentrado solúvel; SP = pó solúvel; WG = granulado dispersível.
2 Classe toxicológica: I – extremamente tóxico (faixa vermelha); II – altamente tóxico (faixa amarela); III – moderadamente tóxico (faixa azul); IV – pouco tóxico (faixa verde).
3 Classe ambiental: I - produto altamente perigoso; II - muito perigoso; III - perigoso; IV - pouco perigoso.
4Tri = tripes; LR = lagarta-rosca; Ac = ácaro-da-cebola.